Preenchimento ou Contorno Labial - Qual e quando fazer ?


Muita gente quer mudar a aparência dos lábios: aumentar, encher, hidratar, ou até mesmo deixá-los com aquela aparência de super bocão. No entanto, no calor do momento optam pelo primeiro método que encontram pela frente, sem levar em conta seu tipo de pele, de lábios e sem analisar o procedimento ao qual se submeterá.


Por isso, nesse post, vamos trazer os benefícios de cada método e indicar as melhores ocasiões para fazer cada um.

Preenchimento labial vs contorno com Skinbooster? Vamos lá!


Como funciona o preenchimento labial:


O método tradicional consiste em um procedimento onde há a aplicação de substâncias próprias para preencher e aumentar o volume dos lábios.

Segundo a Dra. Ana Caroline Rudey, Especialista em Harmonização Facial e proprietária da HarmoniClinic, diz que “o melhor produto é o ácido hialurônico. Ele é matéria-prima do nosso colágeno e, portanto, reconhecido pelo organismo, além de trazer um resultado muito bom quando executado por um dentista qualificado.”

O preenchimento labial torna-se mais seguro à medida que se utiliza de substâncias naturais e estimulantes para o crescimento e modelagem dos lábios.


Destes, o preenchimento com ácido hialurônico e ainda com gordura autógena (produzida pelo corpo) são os mais indicados, por serem substâncias familiares ao nosso organismo. Por serem substâncias reconhecidas pelo organismo (mesmo quando produzidas sinteticamente), não causa qualquer tipo de alergia ou efeito colateral tardio.

Um exemplo bastante aclamado pela mídia tido como um preenchimento labial muito bem-sucedido, foi o da socialite Kylie Jenner. Em contrapartida, a mídia caiu em cima da cantora Anitta, pelo preenchimento “exagerado” e “nada natural”, que para muitos, descaracterizou o próprio rosto da cantora.

Infelizmente, existe no mercado outras substâncias nada naturais, que quando entram em contato com o corpo humano pode gerar uma série de problemas ou rejeição por parte do próprio organismo.

Um exemplo clássico é o PMMA ou metacril. Se você precisa de um motivo claro e conciso para não aderir a essa substância no seu preenchimento, apenas quero deixar explicado que são substâncias sintéticas, derivadas do petróleo. Por ser absolutamente sintético, essa substância pode causar efeitos colaterais imediatos e até mesmo causar reações tardias até 10 anos depois da aplicação.

Concluindo, para lábios finos e um desejo esmagador de lábios carnudos como os de Jolie, opte pelo preenchimento com ácido hialurônico. A substância permanece em seu corpo por um ano e meio, porém, o efeito estimulante de colágeno faz com que os resultados se estendam por três anos. Seguro, natural e duradouro.


Aplicações ideais para o contorno com Skinbooster